Vereador Nô reivindica criação de um Parque Industrial na saída para Dourados

Vereador Nô reivindica criação de um Parque Industrial na saída para Dourados

Presidente do Legislativo, Vereador Nö – foto arquivo

      O Presidente do Legislativo Rio-brilhantense José Maria Caetano de Souza – Nô (DEM), na Sessão desta segunda-feira (10) apresentou Indicação, onde foi aprovada pelos Pares desta Casa de Leis, em que o Vereador encaminha ao Prefeito Municipal e ao Secretário de Infraestrutura solicitando que possa ser feito estudos para criação de um Parque Industrial “limpo” na saída para Dourados.

    O Chefe do Legislativo cita da importância da criação do referido Parque Industrial, que segundo Nô, é fundamental para apelar aos investidores à criação de empresas. A instalação de um espaço amplo e com toda a infraestrutura necessária, principalmente, para cativar os investidores para que tragam suas atividades para o Município, uma vez que, a implantação de atividades empresariais contribuirá para combater o desemprego e beneficiar a cidade.

    “Bem por isso, julgamos imprescindível que haja um rigoroso planejamento para que sejam atraídas empresas e instituições com credibilidade econômica e social para alavancar a economia do nosso Município”, Ponderou Nô.

Nô pede parceria entre a FUNCERB e Associação de praticantes de artes marciais

      Em outra Indicação o Vereador Nô reivindica junto ao Prefeito Municipal e ao Diretor Presidente da FUNCERB (Fundação de Cultura Esporte e Lazer), pedindo que se faça estudos para uma parceria entre o departamento esportivo e cultural e a Associação dos praticantes de artes marciais no Município para realização de aulas de Jiu Jitsu, para crianças e adolescentes carentes. 

    Nô explica que a presente medida visa mudar a vida de dezenas de crianças e adolescentes de nosso município, transformando-os em cidadãos mais conscientes, saudáveis e criativos. Esse é o objetivo da citada parceria, capitaneado por atletas da equipe Bacega Team Jiu-jitsu juntamente com este vereador, que há tempos sonhamos com esse projeto social para mudar a vida de pequenos rio brilhantenses.

     A ideia de criar essa parceria surgiu após a consideração da importância do esporte na mudança de seus hábitos pessoais. Analisando a atual conjuntura de violência e corrupção em Rio Brilhante, em conversa com o professor Alex Bacega, responsável pela Associação dos Praticantes de Artes Marciais em Rio Brilhante, o mesmo se disponibilizou a sair do local comum e fazer a diferença com esse projeto.

     O Presidente Nô enfatiza que embora a vontade de mudar a realidade dessas crianças e adolescentes seja grande, os organizadores do projeto enfrentam dificuldades para iniciá-lo e mantê-lo. A principal delas é que os alunos não possuem o kimono, vestimenta necessária para a prática do jiu-jitsu, entre outras, necessitando assim de uma verba mensal para a realização do citado projeto para crianças e adolescentes carentes de nosso município.

    Vale ressaltar que em outubro de 2015, a Associação dos Praticantes de Artes Marciais (APRMARB) foi declarada de utilidade pública municipal, como entidade de primeiro grau, conforme a lei n. 1.911, de 29 de outubro de 2015, o que facilita na realização da parceria com a FUNCERB.

    “Com o acolhimento da proposta temos certeza que desde cedo as crianças e os adolescentes teriam oportunidade da prática de um esporte para um melhor desenvolvimento físico, mental, moral e social, em condições de liberdade e de dignidade”, disse o Parlamentar.